Blog: MACUCO Voltar a lista de posts

A paisagem marcada pelo legado do arquiteto autodidata

Wagner de Alcântara Aragão - jun 30 2016
Artacho_Viadutos

Caminhar pelo Centro de São Paulo ou pela Orla de Santos é se deparar, e se impressionar, com algumas das obras de João Artacho Jurado (1907-1983), o arquiteto autodidata.

Consta que o paulistano, filho de uma família de arnaquistas imigrantes da Espanha, mal foi alfabetizado e, depois, fez no máximo um curso de desenho. Nunca, porém, estudou Arquitetura; razão pela qual a elite, claro, lhe torcia o nariz.

Mesmo assim deixou marcas na paisagem da capital paulista e na beira-mar santista.

É de Artacho, por exemplo, o Edifício Viadutos, que emerge do Viaduto Maria Paula, no Centro de São Paulo, rumo ao céu:

 

Edificio_Viadutos

 

Este videoclipe de “Pra sempre”, com Marina Lima e Samuel Rosa, foi gravado no terraço do “Viadutos”, conforme informa o blog Urbanices:

 

 

Ali perto, na Avenida São Luiz, está o Edifício Louvre, outro ícone da região central paulistana:

 

Edificio_Louvre

 

Em Santos, o Parque Verde Mar dá outro tom ao paredão de edifícios da Praia do Boqueirão:

 

Artacho_Parque_Verde_Mar_visto_da_praiaArtacho_Parque_Verde_Mar_jardim_da_orlaArtacho_Parque_Verde_Mar

 

Na Ponta da Praia, é o Enseada, bem na curva da ilha, que chama para si a atenção:

 

Artacho_Edificio_Enseada

 

São construções dos anos 50, principalmente.

Mas, até hoje, de vanguarda.

 

LEIA TAMBÉM

Por @waasantista, texto e fotos | Postado de Curitiba

 

Clique aqui e confira como obter um exemplar do livro coletânea de posts do blog. Até 16/03/2016, com 25% de desconto

Clique aqui e confira como obter um exemplar do livro coletânea de posts do blog.